Quer ficar por dentro das novidades? Siga o Blog!

2 de mai de 2012

Quadros

Oi, gente! Como foram de feri (ado)? O meu foi bem gelado, mas mto bom. Por causa desse feriadinho delícia, o post dessa semana tá saindo só hoje.
Eu ia escrever na sexta, mas foi uma correria pegando e pendurando a nova decoração do nosso lindo micro apartamento. Ainda bem, pq isso deu "pano p/ manga" p/ novo post. 
O assunto do dia é como decorar sua casa com Quadros! 

Parece um assunto simples, sem muita importância, mas tem várias dicazinhas excelentes p/ deixar sua casa linda, seja com obras  famosíssimas ou com posters divertidos e baratex.

Vamos começar supondo que ainda não tem o(s) quadro(s). A primeira coisa a decidir é onde vai colocá-los. Eles podem estar em vários ambientes diferentes e devem complementar os elementos existentes, adaptando-os à distribuição dos móveis. Os quadros não devem ficar nem mto escondidos nem fazer os móveis e outros objetos parecerem aliens. A presença dos quadros precisa ser natural e equilibrada. 
Escolhido os cômodos, avalie qual destaque o quadro terá. Se estiver pensando numa obra de arte ou numa imagem que queira destacar escolha a parede com maior visibilidade.

O quadro ganha destaque sozinho na parede e na composição com os móveis e objetos existentes.

Também é preciso pensar o tamanho do quadro de acordo com as dimensões do espaço. Você pode optar por diversos quadros do mesmo tamanho, de tamanhos diferentes ou apenas um. Só preste atenção para não deixar o ambiente mto cansativo ou desproporcional. Ah, não esqueça de verificar o pé direito (altura do teto) e a altura dos móveis antes de escolher o local para colocar o quadro. 

É possível dispor os quadros de diferentes formas.

Pronto. Agora é só sair pregando nas paredes escolhidas. NÃÃOOO....
Existem algumas regrinhas básicas p/ pendurar seus quadros de um jeito elegante e chique.
A regra básica é deixas os quadros na altura do olhar, ou seja, o centro do quadro deve ficar mais ou menos a 1,60 m do chão. Se o quadro ficar em cima do sofá, ele deve ficar uns 25cm acima do encosto. 




Quadros de diferentes tamanhos em cima do sofá dão charme ao cômodo.


E se o quadro for em cima da cama ou de um aparador, uns 20 cm / 30 cm de distância (acima da cabeceira da cama ou, caso não tenha, 60cm acima do colchão) são perfeitos. 


Sem o quadro o aparador não seria o mesmo. E sem o aparador o quadro também não. Exemplo de uma ótima composição.

Quadros em cima da cama podem dispensar o uso da cabaceira.

As obras de artistas famosos ou mais legais devem ganhar destaque. Coloque-as numa parede onde o olhar vá naturalmente. Se for mto grande pode ter uma parede só para ela.

Obras grandes ganham destaque em ambientes grandes.

Agora, se os quadros forem pequenos e de menor valor artístico, você pode fazer uma montagem na parede. Obras pequenas, em geral, devem ser agrupadas e organizadas em uma só parede. O ideal é criar um eixo e montá-las de acordo com ele, buscando equilíbrio entre as cores e tamanhos e mantendo um espaço de 10 a 12cm entre eles. Não tenha medo de misturar molduras, estilos e tamanhos. Os quadros não precisam necessariamente combinar entre si. 

Quadros com diferentes temas, formatos e tamanhos formam composições legais.

Mesma forma, mas cores e temas diferentes. As molduras, posters e fotografias de tamanhos diferentes formam uma espécie de 'quadro' maior.

A sala de jantar ganha toque pessoal com a composição dos quadros.

Você também pode coloca-los de forma alinhada, se tiverem a mesma forma e tamanho. Nesse caso, as fotografias da família foram emolduradas.
  
Alinhados, os quadros pequenos tem efeito de papel de parede.

Os quadros não precisam estar centralizados. O importante é observar o equilíbrio. Mas, se quiser centraliza-los e a parede tiver um elemento marcante, como sofá ou mesa de jantar, eles devem ser centralizados de acordo com o móvel e não com a parede.


Os quadros não precisam ser necessariamente centralizados. Prefiro essa opção para quadros grandes.


Escadas e corredores extensos também ficam mto legais com quadros.

Para visualizar como eles vão ficar, você pode desenhar sua parede e as medidas dos quadros, espalhar as obras pelo chão, em frente à parede escolhida ou fazer moldes do mesmo tamanho e colar com fita na parede onde pretende colocá-los. 
Você pode desenhar a composição com as medidas do ambiente, quadros e móveis antes de furar a parede.

Ou pode colar papel com as medidas para uma visualização mais precisa.

Outra forma de organizar as imagens que está super em alta (e eu adoro) é sobre uma prateleira estreita, a 1 m do piso. 


Quadros colocados sobre as prateleiras facilitam a inserção de mais obras.

                                                 Além de dispensarem o furo das paredes.


Ficam super elegantes.

P/ quem procura quadro em tela sem gastar muito, sugiro visitar Porto Ferreira (onde vc ainda pode comprar tudo o que quiser de decoração e cerâmica pelo preço de um objeto em São Paulo), Embu das Artes ou as feirinhas do Masp, Benedito Calixto e Praça da República. Agora, se quiser pôsteres ou imagens legais, pode comprar na All Poster, que sempre tem descontos  e tem coisas super legais. Eu ia comprar os meus lá, mas como vi várias reclamações de demora p/ entrega e das taxas alfandegárias absurdas, resolvi optar por uma outra alternativa: fazer eu mesma.


Sala antes.
Os quadros deram vida e personalidade à sala. E as máscaras ganharam destaque com a pintura da parede. Na realidade, a cor da parede é a Fibra Óptica, da Suvinil, mas minha máquina desgraça não permitiu o registro exato.

Imprimimos os posters do Woodstock, do filme 'Na natureza selvagem', algumas obras do Andy Warhol e alguns croquis de arquitetos que eu gosto.

No escritório, coloquei uma moldura amarela (q eu mesma pintei, já que nao encontrei pronta), croquis e outros pôsteres que gostamos.

Basta selecionar as imagens na internet (você pode usar o google - procure em imagens com tamanho grande, o Keystone, o Gettyimages ou qqr outro site que libere imagens free. Se quiser posters de filmes, recomendo o MoviePostersDB, onde vc compra créditos e baixa por um preço justo com qualidade excelente). Verifique o tamanho da imagem p/ não perder resolução e distorcer na hora da impressão. Aí é só mandar imprimir em papel couché. 
Lembre que, qto maior a impressão, mais caro fica (não esqueça que ainda tem moldura). P/ ter uma idéia, a impressão em A3 no couché colorido,  sai em média R$4,00. As molduras, mandei fazer na R. Marquês de Itu, pertinho da Pça da República. Lá tem várias lojas e, se pesquisar, acha um preço mto bom.Eu fiz as minhas na Molduras Raideal.
Nove quadros, com impressão, moldura e paspatur (aquela moldura que vai entre a obra e a moldura externa), saíram R$282,00. Isso dá uma média de R$32,00 por quadro. Bom demais, nao?! 
Outra opção p/ quem tá sem grana mesmo é utilizar os desenhos dos seus filhos, netos ou sobrinhos como verdadeiras obras de arte ou utilizar tecidos, papéis de parede ou objetos emoldurados.
Os desenhos das crianças ficam muito legais em molduras com fundo de vidro.

Ou pendurados por prendedores.

Papéis de parede ou tecidos legais tb dão ótimos quadros.

Até ganchos e vasos podem virar quadros.

O que vc ta esperando p/ deixar aquele cômodo sem graça mais bonito? 
BjoO!
P.S.: Recomendações gerais: Cuidado com os canos!! É sempre bom dar uma olhada no projeto de hidráulica antes de furar a parede. E evite pendurar os quadros em lugares úmidos e com mto sol. Isso pode prejudicar a estrutura e desbotá-lo. 

Um comentário:

  1. Muito legal!. Penso em comprar um quadro para colocar sobre um sofa que eu tenho e as suas sugestoes me foram muito uteis. Obrigado.

    ResponderExcluir